Servidores realizam grande passeata. MPU entra na greve no Maranhão


Nesta quarta-feira [12], enquanto o PLP 549/0 era apreciado na Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados, os servidores do Judiciário Federal, em São Luís, realizavam grande passeata na área dos tribunais federais. Os de Caxias discutiam a possibilidade de deflagrar greve [marcaram assembleia geral na região para esta sexta-feira]. Os do MPU em São Luís, uma hora mais tarde [ao meio-dia], entravam em greve com ato unificado da Procuradoria da República e Procuradoria do Trabalho, no centro, em frente à Sede da PR. E vários outros, em Brasília, acompanhavam a votação do projeto 549 [Sylvio Brito, da JF/MA, esteve na Sessão], que impôs, pela pressão dos servidores públicos, enorme derrota ao projeto.

MPU
Os servidores da PR e da PRT do Maranhão em São Luís aderiram ontem [12] à greve contra o PLP 549 e pelo PCS. Eles realizaram ato unificado em frente à Sede da PR, no Centro de São Luís.

Segundo avaliação do Sintrajufe-MA, a greve já iniciou grande no MPU maranhense, e a adesão só tende a crescer nesta quinta, segundo avaliação do comando paredista. Ao final da tarde de hoje, que será o segundo dia de paralisação, está marcada avaliação sobre a mobilização dos trabalhadores.

Na avaliação dos servidores, para que haja negociação efetiva, será necessário que o Governo, a PGR e os parlamentares percebam que os trabalhadores estão conscientes de que sua luta é justa, e que permanecerão nela até verem que estão sendo ouvidos, respeitados e que terão suas reivindicações atendidas.

Nesta quinta [13], as atividades da mobilização prosseguem em seus locais de trabalho e concentração. Os servidores deverão aproveitar para avaliar a repercussão da passeata da quarta-feira, que teve ampla cobertura de jornais, rádio e TVs de São Luís.

Membros do Comando Estadual de Greve, Eduardo Pereira [JF] e Emerson Sena [TRE], já estão na região de Caxias para apoiar a mobilização da categoria. Está sendo articulada também uma Assembleia Geral da região para deliberar sobre como participar da necessária e urgente mobilização pelos Planos de Cargos e Salários.

Servidores dos órgãos do Judiciário Federal e do MPU deverão participar da assembleia que acontecerá na região Tocantina. Francisco Florêncio, servidor da JF e membro do Comando Estadual de Greve, desloca-se nesta quinta-feira para Imperatriz para apoiar a mobilização na região. Para lá segue também Sylvio Brito, que participou da Sessão da Ctasp que na qual o PLP 549 foi rejeitado. Ele seguirá de Brasília direto para a região de Imperatriz.

Em São Luís, o Comando de Greve também articula uma assembléia geral para sexta com todos os segmentos em greve.

Fonte: Sintrajufe-MA