Servidores municipais de Blumenau param por 24 horas na quinta


Por Marcela Cornelli

Os servidores públicos municipais de Blumenau farão uma paralisação de 24 horas na próxima quinta, dia 22 de abril. A decisão foi tomada durante assembléia geral realizada na última segunda-feira, dia 19.

Os servidores aguardam apresentação da proposta salarial do Executivo, que deverá ser apresentada na quinta-feira. Segundo informações do Jornal de Santa Catarina, se a proposta não atender as reivindicações da categoria, os servidores podem decidir por uma greve mais prolongada.

Segundo o coordenador-geral do Sindicato Único dos Trabalhadores do Serviço Público de Blumenau (Sintraseb), Ivo de Farias Filho, a paralisação tem o objetivo de manter a categoria mobilizada, à espera da proposta do governo. O sindicato marcou assembléias para a tarde de quinta-feira, para que a categoria discuta a proposta da prefeitura assim que ela for enviada. Se a resposta for aquém do esperado, é possível que a categoria decrete greve já a partir de sexta-feira.

“Acredito que a categoria não aceitará uma proposta inicial que pelo menos não se iguale aos reajustes que estão sendo concedidos nas cidades vizinhas, como Itajaí e Brusque”, diz Farias Filho.

A prefeitura de Itajaí reajustou os salários do funcionalismo em 11,06%; e em Brusque, o aumento foi de 12%, em três parcelas. Além dos percentuais sobre os salários, os trabalhadores da prefeitura também querem negociar as cláusulas sociais da convenção coletiva. As principais têm relação com o assédio moral, segurança do trabalho e o repasse do vale-alimentação, que estaria defasado.

Da Redação com informações do Jornal de Santa Catarina