Servidores fluminenses mobilizados para o Dia Nacional de Luta


O movimento de greve dos servidores do poder Judiciário Federal segue forte no Rio de Janeiro. Nesta segunda-feira [31], mesmo com ventos fortes e ameaça de chuva a mobilização dos trabalhadores cresceu em todos os Foros da capital, segundo informou o Sisejufe-RJ. A expectativa do sindicato é aglutinar a categoria no Dia Nacional de Luta, nesta terça-feira, 1º de junho, quando acontecerá um ato público, em frente ao Tribunal Regional do Trabalho [Lavradio], às 15h.

No TRF da 2ª Região, cerca de 150 servidores participaram do piquete de greve, das 11h às 13h, munidos de apitos e cartazes. Foi realizado um debate pelo sindicato junto com outros servidores de base, sobre o Plano de Cargos e Salários, destacando algumas especificidades. Dentre elas: as funções comissionadas e o impacto orçamentário. Na assembleia, foi deliberado piquete de greve das 12h às 14h, nesta terça-feira.

No TRT da rua do Lavradio, as atividades do movimento de greve começaram cedo na segunda. Das 7h às 10h, teve piquete de convencimento com cerca de 40 servidores. Depois 20 servidores fizeram arrastão em todos os setores do TRT. A palavra de ordem era: “Ninguém trabalha no TRT: balcão fechado e audiências canceladas”. Ao final, cerca de 100 presentes decretaram apagão hoje, no TRT, entre 14h e 14h40. Outros 40 servidores também se comprometeram a fazer o arrastão a partir das 10h.

No Foro da Venezuela, servidores e servidoras não desanimaram mesmo com o forte frio. Por duas horas, 90 trabalhadores compareceram à mobilização da greve na porta do prédio e assinaram o ponto de greve. Os diretores sindicais Dulavim, João Cunha, Marcelo Neres Ricardo de Azevedo Soares informaram a categoria sobre as mobilizações nos outros estados e a reunião ampliada da Fenajufe, que aconteceu no domingo, 30 de maio. Todos aprovaram 24 horas de greve nesta terça-feira, Dia Nacional de Lutas.

Também houve greve na Justiça Federal [Avenida Rio Branco] e no TRE. O sindicato deu informes sobre o quadro de greve nacional e realizou assembleias no final do dia, nos dois Foros. A greve foi mantida por tempo indeterminado.

Em todos os Foros, os servidores decidiram realizar, hoje, concentração a partir das 14h, para o ato público em frente ao TRT da rua do Lavradio, às 15h, pelo Dia Nacional de Luta.

Fonte: Sisejufe-RJ