Servidores da previdência em greve dizem que proposta do governo é inaceitável


Por Marcela Cornelli

O Comando Nacional de Greve dos servidores do INSS está considerando inaceitável a proposta apresentada pelo governo. Ontem, dia 4/5, representantes de todos os estados em greve participaram de uma reunião ampliada do Comando Nacional para avaliar a paralisação que já atinge 19 estados.

No dia 29 de abril, o governo se pronunciou sobre as reivindicações da categoria, através de um ofício enviado à Fenasps (Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) e à CNTSS (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Seguridade Social). Mas, sengundo as entidades, a proposta não contempla as reivindicações da categoria.

Novas adesões em SC
Em Santa Catarina, na segunda-feira ocorreu a adesão de 75% dos servidores da Agência da Previdência de Tijucas. Essa semana, os servidores do INSS de Tubarão, de São Miguel Do Oeste e de Chapecó realizam reuniões para discutir a greve.

Fonte: SINDPREVS/SC