Segundo revista Época, Ideli ordena mudança de relator do PCS, mas PMDB não aceita manobra


A página da Revista Época na internet divulgou esta semana que a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, teria ido ao presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, deputado Antonio Andrade [PMDB/MG], pedir a substituição do recém nomeado relator do PL 6613/09 na CFT, deputado João Dado [PDT/SP]. De acordo com a nota, a ordem partiu da própria presidente da República, Dilma Rousseff.

Ao que tudo indica, a ordem do Palácio do Planalto se deu em função da preocupação com a aprovação do PCS, parado há dois anos na CFT. Segundo a Época, Andrade informou que já tinha indicado a relatoria para o deputado João Dado [PDT-SP] e, após insistência da ministra, consultou a direção do PMDB, que não aceitou a manobra.

Essa iniciativa da ministra, ainda mais para atender a uma determinação da presidência da República, só reforça o que já vem sendo alertado pela Fenajufe, de que não há nada garantido em relação às negociações em torno do PCS. Nesse sentido, a orientação continua sendo para que todos os sindicatos intensifiquem as mobilizações nos próximos dias e construam a greve nos locais de trabalho, pois somente a pressão será capaz de garantir a revisão salarial.

Clique aqui e leia a nota da Época.