Reajuste Zero é prá quem não se mobiliza


Por Caio Teixeira
Coordenador de Comunicação do SINTRAJUSC

Todas as categorias que receberam reajuste zero e estão se mobilizando, já estão negociando e têm propostas concretas de algum tipo de reajuste. A Polícia Federal, os fiscais da Receira, AGU, Anvisa, todos em greve, já receberam propostas bem diferentes do zero, mas a maioria continua em greve pois não aceita a exclusão dos aposentados ou outro aspecto da proposta do governo.

Nas duas últimas reuniões da mesa nacional de negociação com os servidores, o governo afirmou que o Judiciário e o Legislativo estão fora da proposta pois sempre negociam em separado. Afirmou também que o governo está negociando com as categorias em greve e que devem chegar a um acordo.

Está claro que a política do governo é negociar com quem se mobiliza. As categorias que foram atingidas pela proposta são justamente aquelas que fazem greve sempre: Universidade, Escolas Técnicas, Previdência, Ministérios do Trabalho e Agricultura, Ibama, Incra e outros que conhecemos da luta.

Não é a toa que o governo escolheu estas categorias para receber reajuste de 14 a 30%. Querem evitar a greve certa. Mesmo com a proposta, os servidores destes setores não aceitam a discriminação feita aos aposentados (que só recebem a metade) e a forma escolhida pelo governo de conceder aumentos percentuais nas gratificações de desempenho.

Além disso, a fórmula aprofunda as distorções salariais tanto entre as carreiras, como dentro de uma mesma carreira pois os percentuais são variáveis.

Mobilizações de hoje podem ter efeito imediato

Se fizermos uma boa mobilização hoje no Judiciário podemos iniciar negociações. A Fenajufe já está procurando os Presidentes dos tribunais superiores e do STF para cobrar que exijam do Executivo um tratamento condigno para o Judiciário. É claro que na política as coisas só se movem sob pressão. Vamos lá, portanto. Não pense duas vezes. Venha já prá rua, participe das atividades de hoje. Vamos deixar claro que o Judiciário não baixa a cabeça e está disposto a buscar o que é Justo.

REAJUSTE ZERO? NEM PENSAR!