Servidores em SC mostram disposição para luta


Por Marcela Cornelli

Os servidores públicos federais deram ontem a resposta ao governo Lula, realizando um dia de paralisação. Este foi só o começo da nossa resposta, mas já deu para sentir a disposição da categoria para a luta. Em Florianópolis, os servidores públicos federais realizaram um grande ato reunindo cerca de 1.200 servidores. Estavam presentes companheiros da Previdência, Funai, Incra, Funasa, Ministério da Agricultura, IBGE, Ibama, SPU, Escola Técnica Federal, Sintufsc, Anvisa, Ministério da Fazenda, DRT, Ministério da Saúde e MPU.

O presidente da CUT/SC e demais companheiros da Central também estiveram presentes no Ato. Representando os servidores municipais e estaduais marcaram presença os companheiros da base do SINTRASEM e do SINTE.

O Ato em Florianópolis fechou a rua em frente à Praça Pereira Oliveira no centro da Capital (veja as fotos do Ato na página do Sindicato: www.sintrajusc.org.br). Após o Ato, os servidores realizaram uma passeata pelas ruas do centro da cidade, retornando à Praça. Os servidores encerraram a manifestação cantando o Hino Nacional.

Em todas as intervenções dos dirigentes sindicais ficou claro que a união de todas as categorias na luta pela campanha salarial é fundamental para preservarmos os direitos e conquistarmos o reajuste digno que merecemos. Todas as categorias presentes se mostraram indignadas com a falta de uma política salarial para o funcionalismo público e disseram não aceitar a exclusão dos aposentados e um reajuste que não atinja todas as categorias. Durante o Ato Conjunto foi realizada uma Assembléia Estadual dos Servidores Públicos Federais onde foi rechaçada a proposta de reajuste salarial do Governo e sinalizada a disposição da categoria para a greve, caso seja essa a decisão da Plenária dos SPFs que acontece nesse domingo em Brasília.

Dia da Resposta foi de intensa mobilização

Os servidores do Judiciário Federal em SC tiveram um dia de intensa mobilização. Na Capital, a participação na paralisação foi maior na Justiça do Trabalho, principalmente no TRT, mas contou também com a presença de companheiros da Justiça Eleitoral e Federal. Os companheiros da Justiça do Trabalho de São José também pararam e vieram para Florianópolis participar das atividades. No Interior participaram da paralisação de 24h os companheiros da 1ª e 2ª Varas do Trabalho de Chapecó e Distribuição; 1ª Vara de Execuções Fiscais e a Direção do Foro da Justiça Federal de Blumenau; Justiça Federal de Chapecó; 1ª Vara do Trabalho de Criciúma; 4ª Vara do Trabalho de Joinville e Vara do Trabalho de Imbituba.

Os companheiros da Justiça do Trabalho de São Miguel do Oeste realizaram paralisação de 1 hora.

O SINTRAJUSC parabeniza a todos esses bravos companheiros que fortaleceram a luta no dia de ontem e serviram de exemplo para toda categoria.

Da Redação