Quadro de adesão da greve


Quadro da greve Florianópolis

Fpolis – Justiça Federal

Entrou em greve hoje (terça). Segurança 100%; Juizado Previdenciário 100%; Núcleo de Apoio Administrativo 50%; Controle Interno 50%; Vara Ambiental 50%; Recursos Humanos 30%; Informática 100%; S Telecomunicações 100%; Contadoria 100%; Núcleo Apoio/Turma Recursais – quatro servidores parados; Oficiais Justiça 90%;

Fpolis – Justiça Trabalho

1a. VT. Fpolis – em greve (parcial);

3a V.T. Fpolis – 50% pararam. No gabinete, dos quatro servidores, dois aderiram a greve. Na secretaria, dos oito, quatro aderiram. Serviços prejudicados na secretaria;

4a. V.T. Fpolis – em greve (parcial);

5a V.T. Fpolis – 100% parado. Prazo suspenso. Manter a greve pelo menos até a próxima 5a. feira;

6a. V.T. Fpolis – Apenas o diretor e a assistente estão trabalhando na secretaria. Mantém a greve até aprovação do PCS.

7a. V.T. Fpolis – em greve (parcial);

Ascom – fora a assessora, dos sete servidores, seis estão parados;

Segurança – só chefia trabalhando;

Transporte – de 12 servidores, seis estão em greve, dois viajando e um trabalhando na presidência;

Central de Mandados/Fpolis – pára novamente na quarta-feira;

Comunicação interna (telefonia) – de 8, quatro estão parados;

Protocolo – sete servidores estão na em greve e continuam paralisados;

Selat/Secar – 60% parados.

Treinamento – 20%. Mantém a greve;

Revisão de Acórdãos – de seis servidores, quatro revisores em greve. Mantém paralisação pelo menos até quarta feira;

Distribuição/Fpolis – de oito servidores, um está de licença e outros três pararam. Serviços prejudicados. Mantém greve até aprovação PCS;

SPO – de cinco servidores fora o chefe, três estão em greve. Mantém a greve;

Xerox – em greve (parcial);

Informática – em greve de segunda à quarta, quando avaliam o movimento;

Saser – em greve (parcial);

Sedoc – de sete servidores, dois aderiram à greve;

Selco – dois estão em greve;

Quadro da greve no interior (JF/JT)

Criciúma – Justiça Federal – em assembléia realizada hoje (terça), cerca de 30 servidores decidiram parar. Amanhã (quarta) eles se reúnem às 13h para avaliar a greve;

Criciúma – Justiça do Trabalho – parou 1a VT, 2a V T e 3a VT.
Distribuição – só o diretor trabalhando;

Tubarão – Justiça Federal – em assembléia, realizada ontem (15), às 18h, os servidores, por maioria, decidiu paralisação no dia 17 de maio (quarta-feira);

Joinville – 5a. V.T. – paralisação parcial; Informática – 100%; Na 2a. V.T. 40% dos servidores decidiram parar amanhã (quarta).

Imbituba – de 11 servidores, nove em greve. Continuam paralisados;

São José/Central de Mandados permanece em greve;

1a. V.T. São José – de 12 servidores, cinco em greve. Quatro decidiram permanecer parados;

2a. V.T. São José – dois servidores em greve;

1a V.T. Balneário Camboriu – 12 servidores na greve; Manter a greve;

2a. V.T. Balneário Camboriu – greve parcial e manter paralisação;

Indaial – de 10 servidores, sete em greve. Permanecem parados até quarta-feira;

Mafra – em greve até quarta-feira;

Chapecó – 1a. V.T. a adesão chega a 90%, na 2a. V.T. 30% e na Distribuição e Central de Mandados a paralisação gira em torno de 80%;

Xanxerê – Permanecem em greve até quarta, quando realizam nova avaliação no final do dia;

Jaraguá do Sul – em greve . Percentual de adesão: 1ª VT – 50%, 2ªVT – 70 %, Distribuição – 50% e Central de Mandados- 100%;

Blumenau – 4a V.T. paralisado parcialmente até quarta-feira.

Blumenau – Justiça Federal 100% de paralisação no setor de informática e, no Arquivo, três servidores pararam.

Araranguá – V. T. amanhã (17) em greve;