Processo de mobilização provoca alteração no calendário da Fenajufe


Tendo em vista os últimos acontecimentos no processo de negociação, a Fenajufe, após consulta aos sindicatos que realizaram a paralisação, resolveu substituir o calendário de atividades, que incluía a reunião da Executiva e ampliada no próximo domingo [30]. De acordo com as informações obtidas até agora por meio da diretoria geral do Supremo Tribunal Federal, o Judiciário está trabalhando junto ao Executivo para garantir avanços na negociação e a inclusão do projeto na pauta da sessão da próxima quarta-feira, 3 de maio, na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, o que, sem dúvida, é resultado da forte pressão desta semana em Brasília e nos estados.
Com isso, a Fenajufe decidiu mudar a reunião para a próxima quarta-feira, com um bom número de representantes dos sindicatos em Brasília, para pressionar a Câmara a aprovar o projeto. Após a sessão da CFT, o Comando Nacional de Mobilização se reunirá, na sede da Fenajufe, para avaliar o resultado da sessão e definir os próximos rumos da luta.
A Fenajufe orienta que os sindicatos marquem as assembléias nos estados, no dia 3 de maio, a partir das 16h, para avaliar a tramitação do projeto na Câmara e discutir o indicativo de greve por tempo indeterminado a partir do dia 4.

Confira novo calendário:

03 de maio:
9h – Concentração das caravanas e delegações no plenário 4 da Câmara dos Deputados, para acompanhar a sessão da Comissão de Finanças.
14h – Reunião do Comando Nacional de Mobilização, na sede da Fenajufe.
16h – Assembléia geral nos estados para discutir o indicativo de greve por tempo indeterminado, a partir do dia 4 de maio.

Fonte: Fenajufe