Petroleiros pedem nova proposta salarial à Petrobrás


Por Imprensa

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) comunicou oficialmente ontem à Petrobras que a categoria rejeitou a proposta de ajuste salarial feita pela estatal.

Segundo o coordenador da FUP, Antônio Carrara, o encontro com a empresa foi apenas para fazer o aviso e pedir outra proposta “o mais rápido possível”, mas que não foi estipulado prazos para isso.

“Se a empresa não fizer outra proposta, a FUP vai indicar uma nova data para a greve”, informou Carrara.

A entidade indicou greve de cinco dias a partir desta terça-feira, com parada de produção, mas foi recusada pelas assembléias realizadas nos sindicatos de petroleiros de todo o país, as mesmas que também rejeitaram a proposta da Petrobras.

A estatal ofereceu aumento de 12,1 por cento para os funcionários em atividade e de 7,81 por cento para os aposentados. Os petroleiros querem ajuste de 13,2 por cento para toda a categoria.

Fonte: Portal Vermelho com infomações da Agência Reuters