Prazo termina hoje. Já participou da pesquisa sobre os impactos psicossociais do trabalho não presencial na saúde mental dos servidores?


O Sintrajusc  está envolvido em mais um grande projeto com selo da UFSC, por meio do  Núcleo de Estudos de Processos Psicossociais e de Saúde nas Organizações e no Trabalho (NEPPOT), e preparou uma nova pesquisa de saúde, dessa vez para investigar os impactos psicossociais do trabalho não presencial na saúde mental dos servidores.

A pesquisa ficará disponível até esta quinta-feira (25 de novembro) e pode ser respondida por TODAS e TODOS AQUI NESTE LINK. As respostas serão enviados diretamente para o banco de dados do NEPPOT da UFSC, garantindo, assim, o sigilo e anonimato dos participantes.

A pesquisa é pioneira e realizada no sul do país, com o envolvimento do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário do Estado de Santa Catarina (Sinjusc), Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (Sindjus-RS), Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Paraná (Sindijus-PR), com o Sintrajusc.

Com as respostas, os Sindicatos terão maior e melhor embasamento para subsidiar as políticas e práticas sindicais e institucionais de combate e prevenção às doenças que afetam os servidores, com ações voltadas também ao melhoramento das condições de trabalho.

SELO DA UNIVERSIDADE

Coordenada pelas professoras da UFSC doutoras Renata Silva de Carvalho Chinelato e Suzana da Rosa Tolfo, da Universidade Federal de Santa Catarina, e o mestre Renato Tocchetto de Oliveira, a pesquisa será realizada com trabalhadores dos Tribunais de Justiça do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, e da Justiça Federal e dos Tribunais Regionais do Trabalho e Eleitoral também de Santa Catarina.