PCS acaba em dezembro. Em 2009, reajuste só com luta


O último reajuste de tabela salarial decorrente do PCS será incorporado aos salários do Judiciário Federal em dezembro. Daí para a frente, é reajuste zero até que conquistemos outro. Muitos colegas novos que ingressaram por concurso nos últimos anos, atraídos pela tabela salarial do Judiciário, não têm idéia de como nossa categoria conquistou esta condição. Para cada PCS conquistado, tivemos que fazer uma grande greve nacional. A primeira foi em 1996, quando nossos salários começaram a melhorar. Os efeitos financeiros vieram parcelados em quatro anos. Depois fizemos greve em 2000, 2001 e 2002 para conquistarmos o PCS de 2002. Em 2006 tivemos que fazer greve novamente para conquistar a atual tabela que termina de ser implementada em dezembro. Por isso, ao mesmo tempo em que discutimos o conteúdo do Plano de Carreira, que deve ser mais que uma tabela salarial, mas que também deve contemplar atualização de valores para fazer frente às altas dos preços de tudo, devemos discutir também a preparação para uma greve no ano que vem. Se não precisar, melhor. A História nos mostra, porém, que, até hoje, sem greve o reajuste é ZERO.