PARE NO DIA 14 CONTRA A GRATIFICAÇÃO DE DESEMPENHO!


No Dia Nacional de Paralisação, em 14 de agosto, sexta-feira, vamos mostrar que os trabalhadores do Judiciário não vão aceitar uma gratificação que torna o vencimento variável, leva ao assédio moral e ao adoecimento e quebra a paridade com os aposentados.
Em assembléia realizada no dia 6 de agosto no TRT, os trabalhadores discutiram e aprovaram as propostas que os delegados de SC irão defender na Reunião Ampliada da Fenajufe, marcada para os dias 15 e 16 de agosto. São as seguintes:
– repúdio à proposta dos Diretores Gerais dos Tribunais Superiores, de pagamento de Gratificação de Desempenho, que, se aprovada, terá valor variável e irá quebrar a paridade com os aposentados;
– intensificar a luta para impedir que tal proposta saia do STF;
– defesa da proposta do Plano de Carreira aprovada na Plenária de Manaus;
– cobrar dos Presidentes dos Tribunais, no Dia Nacional de Paralisação, em 14 de agosto, que se posicionem contra a GD;
– levar a mesma reivindicação aos Presidentes dos Tribunais Superiores;
– que os representantes da Fenajufe na Comissão Interdisciplinar do STF não assinem nenhum tipo de documento que implique adesão a alguma proposta sem antes consultar a categoria;
– que se faça uma campanha nacional contra a nomeação de Diretores Gerais que não sejam da categoria;
– que a Comissão que der continuidade à discussão do Plano de Carreira seja paritária, e não na proporção de 9 a 2, como é o caso da Comissão Interdisciplinar do STF;
– que se repudie toda e qualquer proposta que seja apresentada sem prévia discussão democrática.
Os trabalhadores também elegeram os delegados de SC na Reunião Ampliada: Paulo Koinski, Caio Teixeira, Luiz Severino Duarte, Adriana Ramos, Marcelo Flores e Thereza Maria de Oliveira Dutra (suplente).