Palocci lembra que BC tem autonomia para fixar juros


O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, diz que o Banco Central é autônomo desde janeiro de 2003, informalmente. Segundo ele, o acordo costurado com o presidente do BC, Henrique Meirelles, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu à diretoria do banco poder absoluto para decidir sobre a taxa de juro. A entrevista foi publicada no suplemento de negócios da revista “Época”.

Palocci afirma que mesmo antes da posse o PT já sabia que o PIB de 2003 não cresceria os 2,8% previstos no orçamento. Segundo ele, desde o início a previsão era de que o PIB oscilasse entre 0,3% negativo e 0,3% positivo. O pior momento da condução da política econômica, na avaliação do ministro, foi maio do ano passado, quando a sociedade e parcela do próprio governo cobravam a queda dos juros, mas a inflação ainda não havia cedido para permitir que isso ocorresse.Fonte: Clipping CUT)