Nova Diretoria define prioridades


A primeira reunião da nova Diretoria do SINTRAJUSC, realizada no dia 17 de janeiro, sinalizou os principais caminhos de atuação da entidade nos próximos meses. Confira as decisões mais importantes:

Geral

– O Sindicato irá estreitar ainda mais a relação com os demais movimentos do campo sindical e popular, por entender que a luta conjunta é fundamental para organizar os trabalhadores. Esse trabalho será feito de forma paralela às demandas específicas dos servidores do Judiciário Federal. O apoio de outras entidades do serviço público será importante, especialmente no ano em que vamos lutar pela carreira.

– Uma das bandeiras que o Sindicato irá assumir é pela criação da Defensoria Pública em Santa Catarina. O Estado é o único a não ter essa estrutura de garantia de prestação jurisdicional a quem não pode pagar advogados. O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Santa Catarina, Sinjusc, é uma das entidades que está à frente da campanha.

– Com relação à saúde dos servidores, uma das decisões mais urgentes será a coleta de opiniões junto à Justiça do Trabalho para saber como os servidores avaliam o plano de saúde da GEAP e cobrar um posicionamento da Administração do TRT.

– Nos próximos meses a diretoria irá discutir, com os servidores, um tema considerado relevante no que se refere às condições de trabalho: a forma de estágio nos Tribunais.

Proposta para a Carreira

A direção do Sindicato irá reenviar a proposta de Santa Catarina à FENAJUFE e solicitar a realização de mais uma Reunião Ampliada para tirar as dúvidas que ficaram em relação à proposta aprovada na Reunião de 2007.

Administrativo

Foi aprovada a liberação do servidor Luiz Severino Duarte, da 6ª Vara do Trabalho de Florianópolis. Severino é um dos três novos Coordenadores Gerais na Diretoria.