NESTA QUARTA TEM ASSEMBLÉIA E ATO PELO PCS


Nesta quarta-feira, 19 de maio, os servidores do Judiciário Federal em greve realizam manifestações em todo o país para cobrar do governo a aprovação imediata do PCS.

Em SANTA CATARINA, a manifestação será em frente ao TRE, com concentração a partir das 15 horas e Ato com Assembléia às 16. A greve no estado teve novas adesões ontem como servidores da 7.a e da 2.a varas do trabalho de Florianópolis e da Distribuição, dentre outros. Na Justiça Federal também novas adesões reforçaram o movimento. No TRE, reunião realizada no final da tarde deliberou manter a greve por tempo indeterminado. Hoje representantes do Sintrajusc e do Comando de Greve realizam reuniões em várias cidades do oeste e do norte, com visas à ampliação do movimento.

Em BRASÍLIA os servidores do Judiciário Federal e o MPU do Distrito Federal paralisam suas atividades para realizar uma grande manifestação em frente à Procuradoria Geral da República e ao Supremo Tribunal Federal. Servidores em greve de vários estados, principalmente os mais próximos de Brasília estão mandando representantes para o ato da capital.

Em SÃO PAULO haverá manifestação na Avenida Paulista, às 15 horas, em frente ao TRF. O Sintrajud enviará uma caravana à capital federal para se juntar aos servidores dos demais estados. “Não há o que modificar no projeto, que já foi mais do que negociado. Precisamos garantir que ele seja aprovado já e como está, todos sabemos que existem recursos (financeiros), e é a greve que pode garantir isso”, diz Claudio Klein, servidor do TRF-SP e ex-diretor do Sintrajud e da Fenajufe.

No RIO DE JANEIRO os servidores do Judiciário Federal realizarão passeata, que sairá da Candelária, no Centro da cidade. A concentração do ato público será a partir das 15h. Em seguida os servidores tomarão a avenida Rio Branco e caminharão até a sede do TRE. No Rio, a paralisação também começa a chegar ao interior. Em Angra, Niterói e em muitas zonas eleitorais, como a da Ilha do Governador, os servidores estão de braços cruzados ou realizando apenas o trabalho essencial.

Em PERNAMBUCO os servidores em greve realizarão um grande ato público nesta quarta-feira, 19, às 17h, em frente ao TRE – Sede. A atividade tem o intuito de fortalecer e acompanhar o ato unificado que acontecerá em Brasília no mesmo dia. Nesta semana a greve cresceu no Estado. A adesão tem aumentado na Justiça Eleitoral. Até o momento estão parados 65 cartórios eleitorais, além da sede. Na Justiça do Trabalho mais varas trabalhistas aderiram ao movimento paredista. Na capital, 16 varas estão parcialmente na greve que já atinge também Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Petrolina, Cabo, Catende, Iagarassu e Ipojuca.