Lula põe em questão critérios do


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva qualificou o povo brasileiro de não “dócil”, mas “civilizado”. Discursando ontem em na metalúrgica Caterpillar, em Piracicaba, ele pôs em debate o “risco-Brasil”, calculado em Nova York pelo banco JP Morgan, com base em critérios financeiros. Disse que “quem avalia mal o Brasil é porque não conhece o país”. E sugeriu que o setor produtivo elabore um indicador para medir o risco Brasil por outros critérios.

“Esse governo já deu demonstrações de sobra de que honra seus compromissos e seus contratos. Qual o risco que o Brasil oferece? Nós temos uma democracia consolidada, não temos furacões, não temos guerrilha e temos um povo que eu não diria dócil, mas civilizado”, disse o presidente.

(Fonte: Diário Vermelho)