Justiça decide abrir arquivos do Araguaia


Por Imprensa

Por dois votos a um, o TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região, em Brasília, aprovou a abertura dos arquivos da Guerrilha do Araguaia. O tribunal julgou o recurso movido pela AGU (Advocacia Geral da União) contra sentença que determinava que fosse informado onde estão os restos mortais dos guerrilheiros, providenciando o translado das ossadas e o sepultamento em local indicado pelos familiares dos desaparecidos.

Segundo o Jornal Nacional da Rede Globo, o presidente Lula disse que a União não vai recorrer. À noite, no programa Roda Viva da TV Cultura, o ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos também se declarou contra o recurso, embora ressalvando que falava em caráter “estritamente pessoal”, pois não falara com o presidente sobre o tema. Thomaz Bastos lembrou também que tecnicamente um eventual recurso caberia à AGU (Advocacia Geral da União).

Fonte: Portal Vermelho