Greve na Paraíba segue forte


No primeiro dia da greve de 48 horas na Paraíba, pararam cerca de 800 servidores do TRE, Justiça Federal, Varas do Trabalho de João Pessoa e Varas do Trabalho, da Justiça Federal e cartórios eleitorais em Campina Grande. A expectativa do sindicato é mobilizar nesta quinta-feira, 27, cerca de 1400 servidores de todo o Judiciário Federal na Paraíba. De acordo com o sindicato, muitos processos ficaram parados e audiências não aconteceram nas Varas do Trabalho. O calendário eleitoral ficou prejudicado em pelo menos 24 horas em virtude da paralisação no TRE, o que pode comprometer os últimos prazos eleitorais. Em virtude da adesão de servidores da informática do TSE em Brasília o sistema de alistamento eleitoral ficou todo o dia instável, caindo e voltando a funcionar com deficiência, o que causou grandes filas nos cartórios eleitorais do interior e o que pode se agravar hoje. Com isso, o sindicato espera mostrar para a sociedade a importância de se aprovar logo o novo PCS da categoria.

Fonte: Sindjuf/PB