Greve está forte, mas ainda precisa aumentar: Confira o quadro


O movimento grevista em nível nacional tem crescido nos últimos dias, com novas adesões, tanto nas capitais como no interior dos estados. A Fenajufe reafirma que somente o movimento grevista poderá garantir a aprovação do novo PCS. Por isso, a orientação continua sendo para que os sindicatos reforcem as atividades de mobilização para convencer os servidores a aderirem à greve por tempo indeterminado, em todo o país. Somente uma greve forte e unificada, de todos os ramos do Judiciário Federal, garantirá mais essa vitória da categoria.

Confira abaixo o quadro de greve atualizado nesta segunda-feira, 8 de maio.

Sintrajufe/RS – A greve dos servidores do Judiciário Federal no Rio Grande do Sul está crescendo. De acordo com informações da diretoria, 27 das 30 varas trabalhistas da capital paralisaram seus trabalhos ontem, e no interior, servidores de 29 cidades pararam. Na tarde desta segunda-feira [08], vários servidores realizaram ato púbico em frente ao Tribunal. Na Justiça Federal a adesão ao movimento grevista melhorou, nesta segunda, tanto na capital como no interior. A previsão é que o movimento esteja com mais força hoje, quando os servidores participarão de mais um ato público em frente ao TRE, às 14h30.

Sintrajud/SP – A categoria paulista realizou, na tarde desta segunda-feira, ato público pela aprovação do PCS, em frente ao TRE. O objetivo do Sintrajud/SP é trazer o maior número possível de servidores para o movimento grevista nacional. Em São Paulo, a greve atinge os fóruns trabalhistas da Barra Funda [com mais de 50% de adesão], de Ribeirão Pires, São Bernardo, Ferraz de Vasconcelos, Barueri e Guarulhos; e os fóruns da Justiça Federal da capital, São Bernardo, Santo André e Santos. Outros fóruns estão realizando assembléias e discutindo adesão ao movimento.

Sindjus/DF – Os servidores do Judiciário Federal no Distrito Federal realizaram na tarde de ontem [08] ato público em frente ao TRE. O objetivo da manifestação foi mobilizar os servidores daquele Tribunal e chamá-los para aderir à greve pelo PCS. Além do ato público, a categoria também realizou piquete nos locais de trabalho reforçando a importância da mobilização geral da categoria para a aprovação do PCS. De acordo com o Sindjus/DF, 60% da categoria no Distrito Federal está com os trabalhos parados.

Sitraemg/MG – Os trabalhadores do Judiciário Federal de Minas Gerais, em greve desde sexta-feira, 5 de maio, realizaram ontem a maior manifestação do ano no Estado. De acordo com o Sitraemg, a área em frente à sede do TRT da rua Goitacases, em Belo Horizonte, foi totalmente tomada por mais de 500 servidores do Judiciário Federal, que pediam a aprovação do novo PCS. Segundo o sindicato, está confirmado o fechamento total de muitas varas da Justiça Federal e da Justiça do Trabalho na capital, incluindo os setores de Distribuição e Atermação.Também em BH, quase 100% dos servidores do TRE estão em greve e várias varas federais estão fechadas. Em Montes Claros, Juiz de Fora e Formiga a adesão ao movimento é integral.

Sindjufe/BA – Todas as Varas Trabalhistas na Capital baiana paralisaram seus trabalhos já no primeiro dia de greve. No TRT, estão totalmente parados a secretaria e o atendimento ao público. Das 32 Varas do interior, 30 estão totalmente paradas. Na Justiça Eleitoral, a greve atinge cerca de 50% da categoria. A Justiça Federal continua a paralisação de duas horas, de 13 às 15h e, segundo o Sindjufe, a participação é boa. Nesta segunda-feira, o Comando de Greve realizou reunião e debates como os servidores nos três ramos do Judiciário Federal.

Sintrajuf/PE – Os servidores do TRE de Pernambuco iniciaram ontem [08] o primeiro dia de paralisação pelo PCS, com boa adesão da categoria. O movimento grevista cresce no Estado e soma novas adesões, principalmente na Justiça do Trabalho, que continua em greve até quarta-feira [10]. Amanhã, os trabalhadores do TRF também iniciam paralisação de duas horas, que vai até quarta-feira.

Sindjuf/PA-AP – Os funcionários da Justiça Militar aderiram ao movimento grevista nesta segunda-feira, 8 de maio. Em assembléia realizada ontem, os servidores de três varas federais aprovaram entrar em greve de hoje até quarta-feira [10]. Hoje será realizado ato público em frente à sede da Justiça Federal, em Belém, para chamar a categoria a aderir ao movimento grevista. Participarão do ato servidores do TRE, TRT e Justiça Militar. No interior do estado, as varas federais das cidades de Ananinduia, Santarém, Itaituba, Obidos e Marabá estão 100% paralisadas. No Amapá, continua a paralisação das varas trabalhistas e da Justiça Federal. Ainda ontem, foi realizada assembléia no TRE para definir se os trabalhadores desse Tribunal também irão aderir à greve pelo PCS, mas até o fechamento deste quadro, a Fenajufe não obteve o resultado da assembléia.

Sisejufe/RJ – Ontem [08] os servidores do Judiciário Federal no Rio de Janeiro realizaram mutirões no TRT e Justiças Federais da avenida Rio Branco e da Venezuela. De acordo com informações do Sisejufe, a visita teve boa receptividade pelos trabalhadores que ainda não aderiram ao movimento grevista. Hoje, dia 9 de maio, a categoria realizará uma caminhada unificada, às 15h, que sairá da Candelária e seguirá até a Cinelândia. Na última quinta e sexta-feira [4 e 5 de maio] as JFs realizaram paralisação de duas horas. Hoje, o TRF e o TRT também realizarão paralisações de duas horas. Nos dias 9 e 10 de maio, as Justiças Federais da Rio Branco e da Venezuela farão greve de 48 horas, com passeata às 15h.

Sindijufe/MT – A greve por tempo indeterminado no Mato Grosso começou com uma boa adesão da categoria, nesta segunda-feira, 8 de maio. A paralisação conta a participação de mais de 90% dos servidores da Justiça Federal da capital. Na Justiça do Trabalho de Cuiabá, a greve atinge 80% da categoria. Nesta terça-feira, 9 de maio, o sindicato realiza uma assembléia unificada, no TRE, às 14h, para avaliar o movimento em nível nacional e no Estado. Na oportunidade, os servidores da Justiça Eleitoral também vão decidir se aderem à greve por tempo indeterminado. No interior, pararam os servidores de Rondonópolis, onde as Justiças Federal e do Trabalho fecharam totalmente as portas, segundo Pedro Aparecido. Em Cárceres, a greve na JF e na JT teve ontem uma adesão de 90% dos servidores.

Sintrajufe/PI – A categoria piauiense decidiu, em assembléia realizada na quinta-feira [4/05], entrar em greve por tempo indeterminado na terça-feira, 9 de maio. O sindicato realizará assembléias de avaliação no dia 9, no prédio do TRE, e no dia 10, na sede do TRT.

Sindjus/AL – Os servidores do TRT, do TRE e da Justiça Federal em Alagoas fazem greve de 24 horas nesta quarta-feira, dia 10. A decisão, tomada na última quinta-feira [04/05], teve participação expressiva da categoria e a aprovação pela greve foi unânime, acompanhando a mobilização nacional.

Sintraam/AM – Os servidores da Justiça do Trabalho iniciaram ontem a greve por tempo indeterminado.

Sinje/CE – No Ceará, os servidores da Justiça Eleitoral decidiram em assembléia de ontem, realizada pelo Sinje, iniciar o estado de greve e a paralisação de duas horas, nos dias 9 e 10, das 14h30 às 16h30. O sindicato promove nova assembléia de avaliação na quinta-feira, 11 de maio.

Sindjuf/PB – Nas Justiças Federal e na Eleitoral começaram ontem mobilizações pela aprovação do PCS. Na quarta-feira [10/05] está previsto o fechamento de todas as Varas do Trabalho no Estado, a partir das 7h da manhã.

Sintrajurn/RN – Nesta segunda-feira [8/05], os servidores do TRE do Rio Grande do Norte realizaram mobilização em frente ao Tribunal com boa adesão da categoria. Na última sexta-feira, o Sintrajurn realizou ato unificado com os servidores do TRT, TRE e Justiça Federal.

Sinpojufes/ES – Os servidores do TRT, TRE e TRF no Espírito Santos paralisarão as atividades por duas horas no dia 10 de maio, data em que está marcada a próxima sessão da CFT, onde se encontra o PL 5845/05.

Sindiquinze/SP – Os trabalhadores do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região realizaram assembléia ontem [08] à tarde para definir se a categoria vai aderir à greve pela aprovação do PCS. Até o fechamento deste quadro, a Fenajufe não obteve informações do resultado da assembléia.

Sinjufego/GO – O Sinjufego realiza nesta terça-feira, 9 de maio, rodada de assembléias, nos três ramos do Judiciário no estado, para deliberar sobre as próximas atividades de mobilização que serão realizadas para garantir a aprovação PCS. Na ocasião, os servidores deverão decidir sobre a participação de Goiás na greve nacional da categoria, iniciada no dia 03 de maio, e a vinda dos servidores a Brasília para manter a pressão na CFT.

Fonte: Fenajufe