Greve dos previdenciários continua forte


Por Marcela Cornelli

Os servidores do INSS e Ministério da Saúde realizam uma Assembléia Estadual Geral de Greve, em frente à Superintendência Estadual do INSS, amanhã, às 13 horas, para avaliar os próximos rumos da paralisação que completou, nesta terça-feira, 16 dias. Nacionalmente já são 22 dias, com a adesão de 19 estados, além do Distrito Federal.

A greve na Previdência, esta semana, cresceu no interior do estado com a adesão dos servidores de Tubarão e de Imbituba. Os servidores de Santa Catarina da Previdência estão em greve em 11 municípios, sem contar com os municípios que fazem parte da Grande Florianópolis, onde a adesão permanece em 80%. Nas agências da Ivo Silveira e da Esteves Júnior os servidores que não estão em greve estão atendendo ao público das 8h30min às 11h30min.

Na última Assembléia Estadual, realizada no dia 30 de abril, os servidores da Previdência rejeitaram a proposta do governo de conceder reajustes sobre as gratificações, com valores diferenciados para aposentados e ativos.

Os percentuais de adesão em Santa Catarina são:
Blumenau (66%)
Içara (80%)
Ibirama (90%)
Imbituba (95%)
Itajaí INSS (75%)
Itajaí Ministério da Saúde (50%)
Joinville (10%)
Lages (40%)
Rio do Sul (60%)
Tijucas (80%)
Tubarão (50%)
Xanxerê (50%)
Na Grande Florianópolis:
Auditoria do INSS (25%)
JRPS do INSS (60%)
APS Continente (65%)
APS da Esteves Júnior (60%)
INSS da PO (50%)
São José (100%)
Palhoça (90%).

Fonte: SINDPREVS/SC