Greve cresce e se consolida em Santa Catarina


A greve continua e cresce em todas  as  regiões  do  Estado. Já são 17 os municípios que aderiram ao movimento,  desencadeado pelos servidores da Justiça Federal, no último dia 8.
 
A categoria avalia que é preciso manter a greve, pelo menos até o dia 30 de junho, data em que entra novamente na pauta do Senado Federal o PLC 28.
 
Na próxima quinta-feira, 18 de junho, das 15h às 17h, os servidores preparam um  Ato Estadual que acontecerá  na  rampa do Tribunal Regional do Trabalho, na Rua  Esteves  Júnior. A  orientação  é  que  os  trabalhadores da Justiça Federal, do Trabalho e Eleitoral se somem  à atividade, parte do calendário de greve,  que reivindica o reajuste salarial, através da aprovação do PLC 28. Após o ato, haverá Assembleia Estadual para avaliar os rumos do movimento.
 
Novas adesões
 
Nesta segunda e terça-feira, servidores da Justiça Federal de Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Joaçaba também aderiram à greve e preparam mobilizações nos locais de trabalho.
 
Até o momento os seguintes municípios seguem em greve ou em paralisação: Blumenau (JF e JT),  Brusque, Caçador,  Chapecó, Concórdia, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Indaial (JT), Joinville (JF e JT), Joaçaba, Mafra, Jaraguá do Sul, Lages, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Tubarão.
 
Na foto, colegas da VF de São Miguel do Oeste