Governo dá reajuste de 0,01% aos servidores federais


Por Imprensa

O reajuste linear dos servidores federais deste ano será de apenas 0,01%. O índice foi definido pelo Ministério do Planejamento, que enviou à Casa Civil medida provisória com o percentual.

O Governo pagará a correção nos salários de novembro, depositados em 2 de dezembro. Os valores serão retroativos a janeiro, mas devem passar despercebidos. Para a maioria do funcionalismo, o aumento não chegará a R$ 1,00 por mês. O reajuste irrisório será pago aos funcionários do Executivo, ativos e inativos, inclusive àqueles que já foram beneficiados com melhorias salariais diferenciadas.

Segundo informações divulgadas na imprensa, o Governo decidiu fazer a revisão linear – mesmo com índice simbólico – para evitar futuras complicações na Justiça. A Constituição determina a revisão anual e a Lei 10.331 estabelece janeiro como data-base.

O dinheiro a mais no mês que vem não fará diferença no Natal do servidor. Para se ter idéia, funcionário com remuneração de R$ 1.500 vai receber, no total, R$ 1,95. O dinheiro é referente a 12 meses de salário mais o 13º – R$ 0,15 por mês, que não paga o cafezinho (R$ 0,50) ou um pãozinho (R$ 0,25). No ano passado, o Governo deu reajuste linear de 1%, além de abono de R$ 59.

Segundo infomações veiculadas na imprensa, a necessidade de um reajuste linear surpreendeu o Ministério do Planejamento, que no início do ano já havia discutido o problema e entendido estar livre da determinação constitucional. Agora, o Departamento Jurídico alertou para o descumprimento da lei e orientou o Planejamento a dar o aumento, mesmo que estabelecendo um índice irrisório.

Fonte: Fenajufe com informações do Jornal O Dia Online