Formação no Fazendo Escola voltará em 2021


Por Adailton Pires Costa, servidor da Justiça do Trabalho e integrante do Conselho Científico do Fazendo Escola

No ano de 2020, o SINTRAJUSC promoveu uma parceria inédita com os sindicatos do Judiciário estadual de Santa Catarina (SINJUSC) e do Rio Grande do Sul (SINDJUS/RS), por meio da integração dessas entidades no Centro de Estudos e Pesquisas em Trabalho Público e Sindicalismo – Fazendo Escola.

O primeiro fruto dessa parceria para os servidores de nossa categoria foi um curso sobre Trabalho, Saúde e Tecnologia, relacionando a realidade dos trabalhadores do Judiciário frente à pandemia da Covid-19 e à Revolução 4.0. O evento aconteceu em novembro deste ano em três encontros online e um estudo dirigido, contando com a participação de 119 pessoas (na foto).

Quem pôde assistir ao curso percebeu o diferencial da proposta do Fazendo Escola: apresentar análises críticas da realidade do mundo do trabalho dos servidores do Judiciário; promover a consciência crítica de nossa condição de trabalhadores; e apontar caminhos para o enfrentamento da exploração crescente a que somos submetidos, cujos prejuízos graves se refletem em nossa saúde. Um curso de formação de trabalhadores para trabalhadores.

Os elogios aos palestrantes do curso (Rossano Bastos, Roberto Ruiz e Arthur Lobato) decorreram, em grande parte, da capacidade de cada um deles articular criticamente a realidade específica do dia-a-dia do trabalho da categoria com as melhores análises teóricas que vêm sendo desenvolvidas na Academia.

O curso ainda contou com a parceria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que o aprovou como atividade de extensão, emitindo o certificado de conclusão de 20 horas para os participantes.

Para 2021, está sendo elaborado mais um evento inédito junto ao Laboratório de Sociologia do Trabalho (LASTRO/UFSC), ampliando a parceria entre SINTRAJUSC, SINDJUS/RS, SINJUSC e UFSC. Também está sendo planejado um curso sobre a história do sindicalismo no serviço público e seu papel na conquista e defesa dos direitos que temos hoje.

Sigamos na luta, com saúde, mobilização e formação à altura dos desafios que enfrentaremos no próximo ano.