EUA suspendem busca de armas no Iraque


Demorou, mas a farsa veio à tona. Como de resto, já era esperado. Finalmente os EUA admitiram que não encontraram armas químicas no Iraque. A busca de armas foi suspensa, o que provocou críticas de todos lados. A farsa começou quando o general Colin Powell anunciou a existências de armas de destruição em massa no Iraque, durante reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). O pior é que o anúncio foi feito novamente depois da vitória presidencial de George Bush, que reassume no dia 20 de janeiro. Com o número de mortes entre os soldados norte-americanos mortos no Iraque chegando a 1.350, Washington tenta fazer com que as notícias sobre o país árabe sejam mais positivas, anunciando a possibilidade de retorno de alguns militares para casa.

Fonte: Tribuna da Imprensa Online