Em SP, Grito dos Excluídos exigiu mudanças na política econômica


Por Marcela Cornelli

As entidades que compõem a Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS), incluindo a Central Única dos Trabalhadores, realizaram no último domingo, a 9ª edição do Grito dos Excluídos, em frente ao Monumento à Independência, em São Paulo. Os discursos convergiram em uma só direção: mudanças na política econômica e a necessidade do povo nas ruas alterar a correlação de forças que existe hoje em disputa no governo. Sob o lema “Tirem as mãos. O Brasil é nosso chão”, cerca de 3 mil pessoas participaram do evento. Durante a manifestação, foi realizado a coleta de assinaturas para o abaixo-assinado contra a instalação da ALCA.

Fonte: CUT Nacional