CUT/SC organiza atividades do 1º de Maio no Estado. Veja aqui a programação.


Por Marcela Cornelli

A CUT/SC está organizando as atividades do Dia do Trabalhador – Dia 1º de Maio em todo Estado.

Veja abaixo a programação na sua região e participe:

Extremo Oeste
São Miguel do Oeste:
01/5, às 19h30min – Ato público na Praça Walmir Botrdo Daniel, com várias atividades: Peça teatral; resgate do 1º de Maio; participação dos Sindicatos da Região; baile público; entidades beneficentes poderão montar suas barracas com lanches/bebidas, angariando fundos para a continuidade de seus trabalhos junto às comunidades carentes.

Oeste
Chapecó:
01/5, das 9h às 12h – Caminhada saindo às 9h, em frente ao Mercado Imperial (Av. Fernando Machado) até a praça Coronel Bertazzo, onde será o encerramento com ato público.

Sul
Criciúma:
26/4, às 19h30min – Debate no Colégio Sebastião Toledo dos Santos (Colegião);

27/4, 19h30min – Debate no Colégio Maria Salete Scotti, em Içara;

28/4, às 19h30min – Debate no Colégio Heriberto Hülse, no Bairro Próspera;

29/4, às 19h30min – Debate sobre Reforma Sindical, na UNESC – bloco P, sala 7;

30/4, 9h – Direito do Trabalhador, na Praça Nereu Ramos; 12h30min – Apresentação Teatral e Musical, na Praça Nereu Ramos; 17h30min – Ato público pela redução da jornada de trabalho sem redução de salário, na Praça Nereu Ramos.

Tubarão:
01/5, no estacionamento do BESC (em frente a antiga rodoviária) – 14h – Abertura; das 15h às 24h – Apresentações culturais com bandas locais.

Norte
Joinville:
01/5, às 8h30min – Concentração na Subsede dos Metalúrgicos no Bairro Boa Vista; caminhada com todas as entidades; abertura da campanha pela redução da jornada de trabalho; encerramento às 11h, na Associação dos Moradores Vila Paranaense, no Bairro Comasa, com apresentação de teatro. Todo trabalhador contribuirá com 1kg de alimento no perecível, que será utilizado na cozinha comunitária no local para pessoas carentes/desempregadas.

Contestado
Caçador:
01/5, às 14h, na Praça Nossa Senhora Aparecida – Ato público e lançamento da campanha pela redução da jornada de trabalho com abaixo-assinado.

Serrana
Lages:
01/5, às 9h – Caminhada da igreja do Coral (Matriz) até a Praça Joca Neves, com carro de som.

Grande Florianópolis
Florianópolis:
30/4, panfletagem às 12h e às 17h nos terminais urbanos do Centro (a concentração dos dirigentes que participarem da panfletagem é às 11h30min, no Largo da Alfândega), e carro de som por todo o Centro para divulgar a atividade de 1º de Maio;

01/5, das 9h às 12h – ficou de ser confirmado até quinta-feira 29/4 se o evento acontecerá em frente a HAVAN (Via Expressa – São José – ao lado do BIG Supermercado), que vai abrir ao público no dia 1º, ou se ocorrerá no Centro da Capital. Diversas atividades estão previstas: teatro, paresentação de hip hop, capoeira, grupo Profetas da Rua, recreação para crianças, abaixo-assinado pela redução da jornada de trabalho.

Vale
Blumenau:
30/4, a partir das 19h – Vigília no Bairro Fortaleza, apresentação de filme (telão) e banda de música local;

01/5, às 9h, Bairro Fortaleza – Atividades diversas como realização de abaixo-assinado pela redução da jornada.

Eixos que serão trabalhados por todas as microrregionais da CUT/SC no Dia do Trabalhador:

– Crescimento econômico com distribuição de renda;

– Luta pelo reajuste e valorização do sálário mínimo;

– Ações emergenciais de combate ao desemprego;

– Não à ALCA, não à renovação dos acordos com FMI;

– Redução da jornada de trabalho sem redução de salário;

– Por uma nova estrutura sindical com liberdade e autonomia frente ao Estado e ao patrão;

– Temas específicos de cada região.

Durante as atividades em todo Estado, serão coletadas assinaturas para um abaixo assinado pela redução da jornada de trabalho sem redução de salários. O objetivo é atingir um milhão de assinaturas em todo o país. Essas assinaturas serão encaminhadas para a CUT/SC e depois serão enviadas ao Congresso Nacional, onde tramita o projeto de Redução da Jornada de Trabalho.

Fonte: CUT/SC