Comitê Floripa Contra Alca instala bancas para abaixo-assinado contra ALCA


A partir desta terça-feira, o Comitê Floripa Contra Alca vai intensificar a coleta de assinaturas para um abaixo-assinado contra a implantação da Área de Livre Comércio das Américas.

O movimento vai até o dia 7 de setembro e serão instaladas bancas de assinaturas na UFSC, no Terminal de Integração do Centro e próximo à Feira Direto do Campo.

O abaixo-assinado está sendo realizado desde janeiro, fazendo parte de uma campanha nacional contra a Alca. O objetivo é a realização de um plebiscito oficial no Brasil. De acordo com o coordenador do Comitê Floripa Contra Alca, Gilmar Salgado, já existe um projeto de lei tramitando na Comissão Mista do Congresso que prevê o plebiscito. “O abaixo-assinado irá pressionar a aprovação do projeto”, afirma Salgado.

Outros países como a Argentina, o Uruguai e o Equador também estão realizando campanhas contra a Alca. Segundo Salgado, “o movimento é intercontinental, pois o povo latino-americano não quer virar colônia dos Estados Unidos”.

No ano passado foi realizado um plebiscito não-oficial organizado pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que reuniu mais de 10 milhões de assinaturas. Em Florianópolis, foram 40 mil assinaturas e a previsão é que este ano chegue a 50 mil.

O Comitê Floripa Contra Alca existe há quase dois anos. Entre as atividades do grupo estão a organização de debates nas comunidades sobre a Alca. O Comitê é composto por sindicatos de trabalhadores públicos e privados e por movimentos sociais como o MST.

Fonte: Universidade Aberta On Line