Comando de Greve elabora calendário de mobilização e reafirma intensificação do movimento


Comando de Greve elabora calendário de mobilização e reafirma intensificação do movimento

BRASÍLIA – No início da tarde de ontem (8), os integrantes do Comando Nacional de Greve se reuniram na sede da Fenajufe para avaliar os desdobramentos das atividades desta semana em torno do projeto que revisa o Plano de Cargos e Salários do Judiciário. Com o adiamento da votação do PL 5845/05, devido ao cancelamento da sessão de hoje da CCJ, os diretores da Fenajufe e os representantes dos estados em greve definiram o calendário de atividades para as próximas semanas e reafirmaram a manutenção da greve por tempo indeterminado.

Ao abrir a reunião do Comando, o diretor da Fenajufe Ramiro López informou o resultado da reunião entre representantes dos Ministérios do Planejamento, Fazenda e Casa Civil, e o diretor da Fenajufe, Roberto Policarpo, no Ministério do Planejamento. Segundo o diretor da Federação, os representantes do Executivo informaram que está sendo feito um estudo com várias simulações em torno da implementação do Plano e que o governo apresentou a possibilidade de aumentar o número de parcelas, estendendo a implementação até 2009. Os representantes do governo também adiantaram que podem ser feitos cortes nos valores da proposta do PCS. Diante desse fato, Roberto Policarpo adiantou que os servidores não aceitariam cortes nos reajustes do vencimento base e da GAJ. Os assessores do Ministério do Planejamento disseram que até segunda-feira deve ser apresentada uma proposta concreta aos servidores.

Logo após o relato do diretor da Fenajufe, os integrantes do Comando Nacional de Greve discutiram as estratégias de mobilização que devem ser adotadas nas próximas semanas para que o projeto seja aprovado com um acordo favorável aos servidores. Conforme sugeriu o deputado Sigmaringa Seixas, os diretores da Fenajufe e os representantes dos sindicatos avaliaram que é fundamental reforçar os contatos com os parlamentares para garantir que os mesmos venham para a sessão da próxima terça-feira da CCJ e garantam o quorum necessário para a votação do PL 5845.
Considerando que o cenário da semana que vem é um pouco desfavorável à tramitação do Plano, uma vez que na terça-feira é a estréia do Brasil na Copa do Mundo e na quinta-feira há o feriado de Corpus Christi, o Comando reforça a importância dos sindicatos seguirem a orientação e fazerem contatos com todos os membros da CCJ em seus estados antes da terça-feira.
A reunião do Comando Nacional de Greve também reafirmou as deliberações da reunião de ontem, que criou três grupos de trabalho para ampliar os contatos no Judiciário, Executivo e Legislativo, com o objetivo de acelerar o processo de negociação em torno da previsão orçamentária do PCS. Ainda nesta semana, a Fenajufe vai encaminhar a carta manifesto à presidência do STF e ao Executivo cobrando a participação da Fenajufe no processo de negociação, conforme havia sido aprovado na reunião de ontem.

Confira abaixo as deliberações da reunião do Comando Nacional de Greve:
– Intensificação da greve por tempo indeterminado.
– Os sindicatos devem procurar os membros da CCJ em seus estados, com o objetivo de garantir o quorum na sessão da próxima terça-feira.
– Atos nos estados na próxima quarta-feira, 14 de junho.
– Os sindicatos devem enviar caravanas para Brasília nos dias 20, 21 e 22 de junho.
– Jogar peso na greve da Justiça Eleitoral em todos os estados.
– Os grupos de trabalho vão atuar para ampliar a interlocução nos três poderes.

hoje , 9 de junho, os representantes dos estados que ainda permanecerem em Brasília e os diretores da Fenajufe vão se reunir novamente, às 9h, para discutir o resultado dos trabalhos realizados ontem.

Da redação – Leonor Costa/Fenajufe