Com a greve forte, negociações avançam. Em SC a adesão aumenta a todo momento


Com a greve forte, negociações avançam. Em SC a adesão aumenta a cada momento. Confira abaixo quadro de adesão em SC

JUSTIÇA DO TRABALHO
Fpolis-TRT – Distribuição, Protocolo, Ascom, Selat, Secar, Saser, Segurança, Motoristas, Telefonistas, Informática e Central de Mandados de Florianópolis
Varas – paralisação atinge todas as 7 varas da Capital e Distribuição, sendo que estão totalmente parados os servidores na 2ª (prazo suspenso), 3a. (requerida suspensão de prazo), .5ª (prazo suspenso) e 6ª.
Criciúma – Distribuição, 1ª, 2ª e 3ª varas, todas com prazos suspensos
Mafra – totalmente parada com prazos suspensos
Curitibanos – 100% parada com prazos suspensos
Chapecó – as duas Varas do Trabalho, Distribuição e Central de Mandados
Balneário Camboriú – paralisação parcial nas duas Varas do Trabalho
Joinville – 5a.Vara parcialmente parada e setor de Informática 100% na greve.
São José – 1ª, 2ª e 3ª Varas e Central de Mandados paradas, sendo a 3a Vara com prazo suspenso.
Imbituba – de 11 servidores, 10 estão na greve.
Xanxerê – parcial nas varas e total na Central de Mandados e Distribuição

JUSTIÇA FEDERAL
Florianópolis – 2ª Turma Recursal, Vara Ambiental e Agrária, Vara de Execuções, Judiciário Previdenciário da Capital 100% paralisados junto com a Informática. A Distribuição está com paralisação parcial, bem como outras varas e setores administrativos.
Blumenau – 2o. Juizado Especial Civil, Direção do Foro, Vara de Execução Criminal, Vara de Execução Fiscal e mais servidores da área administrativa.
Chapecó – 1ª e 2ª varas e Juizado Especial
Criciúma – A adesão é de 80% (oitenta por cento) dos servidores da Direção do Foro e das três varas.
Itajaí – Na 2a.Vara e na Distribuição a paralisação é total. Na 1a Vara a adesão é parcial.
Brusque – Servidores mobilizados, em greve.
Joinville – 60% das varas em greve.
Tubarão – parcialmente em greve.