Bancários de Florianópolis e Região permanecem em greve


Em assembléia realizada ontem, no início da noite, os bancários de Florianópolis e Região decidiram continuar a greve por tempo indeterminado. A paralisação chega hoje ao seu oitavo dia, e hoje contou com 100% de adesão na CEF e fechamento da maior parte das agências do Banco do Brasil e do BESC. Hoje, terça-feira, ocorre a sétima rodada de negociação do Comando Nacional com a Fenaban. Na última negociação, semana passada, os banqueiros apresentaram uma proposta econômica – 2% de reajuste e PLR de 80% do salário, mais R$ 816,00 de parte fixa, com mais R$ 500,00 no caso de o banco aumentar sua lucratividade em pelo menos 25% – que foi rejeitada pela categoria em todo o país e considerada uma provocação.
Os bancários de Florianópolis e Região voltam a se reunir hoje, às 18 horas, em assembléia no antigo Cine Ritz (rua Arcipreste Paiva, nº 11, Centro, em frente ao Hotel Cecontur), para avaliar as atividades em mais um dia de greve e as propostas (se existirem) dos banqueiros.

Fonte: SEEB Florianópolis e Região