ASSEMBLÉIA APROVA ATO DAS 15 ÀS 16 HORAS NA QUARTA, 4


Em Assembléia na JF nesta segunda-feira, dia 2, os servidores aprovaram a realização de ato na quarta-feira, dia 4, das 15 às 16 horas, na frente do TRE. O ato retoma a mobilização pelo PCS. Na Assembléia também foram respassados informes sobre a Reunião Ampliada da FENAJUFE, neste domingo.

Na Ampliada um dos pontos debatidos pelos delegados e que gerou polêmica foi a proposta de subsídio, apresentada por um grupo de servidores presentes. A partir de um amplo debate, os delegados reafirmaram que a luta de todos os servidores do Judiciário e do MPU deve ser em defesa da aprovação dos PLs 6613/09 e 6697/09 da forma como foram enviados ao Congresso Nacional.

Logo após a aprovação dos novos PCSs, a FENAJUFE e os sindicatos de base retomarão o debate sobre a carreira, oportunidade em que também serão discutidas outras alternativas de estrutura e remuneração, como o subsídio.

As intervenções também lembraram que na Ampliada do dia 10 de julho, os servidores presentes rejeitaram as emendas apresentadas ao PL 6613/09 na Comissão de Finanças e Tributação.

Em relação ao “apagão” do dia 4 de agosto, a Ampliada indicou um Dia Nacional de Lutas com paralisações, atos públicos e outros tipos de mobilização, com as atividades concentradas nos TREs em função do calendário eleitoral.