Ampliar a greve para forçar acordo


Por Marcela Cornelli

Ainda não tem hora marcada a reunião entre o Presidente do STF e os ministros da Casa Civil e do Planejamento para discutir o aumento da GAJ. Logo após esta reunião, o Presidente do STF reunirá com a Fenajufe para informar o resultado da conversa.

Novas adesões

Hoje mais um estado entra na greve. A Justiça do Trabalho da Bahia pára a partir desta segunda, por tempo indeterminado. Na reunião da Fenajufe, realizada no final de semana, o sindicato de Brasília afirmou que se não for apresentada hoje uma proposta de acordo, que atenda nossa reivindicação aumentando a GAJ para 30%, o Judiciário do DF entra em greve amanhã. O sindicato de Pernambuco informou que a greve cresce no TRT onde, assim como nós de SC, estão discutindo os problemas da primeira instância.

Tão logo tenhamos qualquer informação, repassaremos a todos.

Na sexta-feira passada membros do comando estadual realizaram reuniões em Lages e Joinville buscando ampliar a greve em Santa Catarina. Hoje no início do expediente serão realizadas novas reuniões locais para discutir a adesão ao movimento. Em Indaial os servidores decidiram aderir a partir de hoje.

Na reunião da Fenajufe foi consenso que é possível a vitória e que a única garantia para chegarmos a ela é o fortalecimento da greve.

Da Redação