A mobilização dos Servidores Públicos Federais em SC


Por Marcela cornelli

Em SC, estão em greve os servidores da Previdência, os auditores fiscais da Receita Federal, Fundacentro, Incra, Ibama, Advocacia Geral da União, DNIT (extinto DNER), Funasa e Delegacia Federal da Agricultura. A DRT está realizando paralisação de 48h e fazem nova assembléia agora à tarde. Os servidores e professores da Escola Técnica Federal realizaram paralisação de 24h ontem e aprovaram mais 24h de paralisação para o dia 19 de maio, quando farão nova assembléia. Os técnicos administrativos da UFSC realizaram assembléia ontem e deliberaram não aceitar a proposta do governo. Eles levarão a posição da categoria para a plenária da Fasubra que acontece neste final de semana e vai discutir a entrada da categoria na greve a partir do dia 17/5. Os professores da UFSC realizam paralisação de 48h ontem e hoje e páram 24h no dia 20/5. Os servidores do Judiciário Federal em SC realizam Assembléia Estadual nesta sexta para discutir a deflagração da greve a partir de terça-feira, dia 18/5, seguindo o calendário nacional da categoria.

ATOS UNIFICADOS PARA FORTALECER A GREVE

Para fortalecer a greve, os servidores federais aprovaram um calendário de mobilizações unificado. Na quarta, dia 12/5, haverá às 9h, Reunião da Coordenação Catarinense das Entidades de Serviço Público na sede da CUT, para realizar um balanço da greve e preparar um ato unificado dia 18/5, às 17h, em frente à Câmara Municipal, pois terá a participação dos servidores públicos municipais e estaduais. Na quinta, dia 13/5, haverá outro ato a ser chamado pelos previdenciários, já em greve, sendo que o local e a hora serão confirmados.

Fonte: As informações são das assessorias de imprensa dos sindicatos, organizadas pela assessoria do SINTRAJUSC.