Sintrajusc se mobiliza pela manutenção de Vara do Trabalho em Criciúma. Quarta (18) haverá Ato


Nesta sexta-feira (13), na Justiça do Trabalho de Criciúma, servidores e o coordenador do Sintrajusc Miguel Nápoli reuniram-se para deliberar sobre os movimentos a serem feitos contra a decisão do TRT-SC de remover a 3ª Vara de Criciúma para a cidade de Itapema. O Tribunal procura atender demanda daquele município, trazendo inclusive pleito da própria OAB do Estado. Os servidores e o Sindicato entendem ser justo o pleito, mas se insurgem contra a decisão de “tapar um santo e descobrir outro”, isto é, causar prejuízos a Criciúma com a perda uma vara depois de anos de luta para instalação da 4ª Vara, em 2007.

Criciúma é a sexta economia do estado, que tem fóruns trabalhistas em cidades menores com mais varas. Não que não necessitem delas, mas nesta realidade Criciúma não pode perder prestação de serviços importantes, sendo que os servidores lotados que permanecerem no município ficarão submetidos a sobrecarga de trabalho e os que saírem a remoções forçadas.

É uma luta da categoria e uma luta cidadã em favor do município de Criciúma. Vários Sindicatos locais estão apoiando a causa, assim como os advogados trabalhistas, que entendem a importância da manutenção da Vara no município.

Portanto, na reunião decidiu-se por um ato na próxima quarta-feira, dia 18, em frente à Justiça do Trabalho de Criciúma, com a participação dos servidores, advogados, sindicalistas e dirigentes dos Sindicatos da região. Uma comissão do Sintrajusc irá de Florianópolis a Criciúma para se unir a lideranças e à comunidade da cidade para lutar pelos nossos interesses comuns.

A imprensa local repercutiu a reunião, destacando a posição do nosso coordenador Miguel Nápoli. Confira:

https://www.engeplus.com.br/noticia/geral/2022/servidores-protestam-contra-possivel-transferencia-de-vara-do-trabalho-de-criciuma-para-itapema