TRT-SC reduz auxílio saúde. Sintrajusc está solicitando reunião de urgência com a Direção Geral


Os servidores do TRT-SC foram surpreendidos com a redução do repasse do auxílio saúde, medida de impacto no vencimento. A direção do Sindicato já acionou a Assessoria Jurídica, a Assessoria Orçamentária e está solicitando reunião de urgência com a Direção Geral em defesa dos servidores.

A redução ocorre em um cenário no qual o Tribunal exalta a redução de custos. Em 6 de novembro, o site do TRT-SC anunciou economia de mais de R$ 2,12 milhões com despesas de custeio em razão da pandemia de Covid-19 entre janeiro a setembro deste ano, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, com diárias, passagens aéreas, água, energia elétrica e telefone.

A economia de despesas praticamente não afetou a produtividade de magistrados e servidores, que se valeram das videoconferências para realizar audiências e sessões de julgamento. No primeiro grau, os juízes julgaram mais processos do que receberam em 2020 (até 13 de outubro, dado consolidado mais recente). Foram ao todo 52.424 recebidos no ano contra 52.484 solucionados, um índice levemente acima de 100%. Já no segundo grau, o total de ações originárias e recursos julgados chegou a 20,4 mil ao longo do ano, ante 24,4 mil recebidos.

Mas, lamentavelmente, nem a economia e a alta produtividade livraram os servidores de uma garfada de final de ano.