TeleSul fará transmissão ao vivo do Fórum Social Mundial


Em entrevista ao Portal do Mundo do Trabalho, o jornalista Beto Almeida, responsável pela Nova Televisão do Sul (TeleSul) no Brasil, informou que o Fórum Social Mundial (FSM) deste ano contará com uma ampla cobertura. Todas as grandes conferências serão transmitidas ao vivo pela TV da integração latino-americana.
O Fórum Social das Américas será realizado entre os próximos dias 24 e 29, em Caracas, na República Bolivariana da Venezuela.
Iniciativa da Venezuela, da Argentina, de Cuba e Uruguai contra o domínio das grandes transnacionais da desinformação, a TeleSul tem o apoio do Brasil, onde inaugurou recentemente uma sede em Brasília. “Estamos expandindo nossas atividades no país”, comemora Beto Almeida. “É muito importante que o conjunto dos movimentos sociais, em especial o movimento sindical, com suas confederações, federações e milhares de sindicatos, trabalhe para ampliar a recepção do sinal da TeleSul, que é um canal militante, por uma informação veraz e independente dos interesses do capital”, afirmou o secretário nacional de Comunicação da CUT, Antonio Carlos Spis. O dirigente será recebido em Caracas pelo vice-presidente da TeleSul, Aram Arahonian, onde dará prosseguimento ao convênio para o intercâmbio de conteúdos entre CUT-TeleSul. A Central irá disponibilizar em DVD programas da TV CUT e do Repercute, que serão dublados ou legendados e inseridos na programação da Nova Televisão do Sul.
Além de parcerias com a Radiobrás e vários canais comunitários, a TeleSul vem sendo transmitida em canal aberto no Brasil pela TV Educativa do Paraná e pode ser acessada também pela internet pelo www.tvcomunitariadf.com.br.

Fonte: CUT Nacional