STF reafirma defesa da proposta original do PL 6613/09


Durante reunião no início da noite de ontem [08] e após o ato nacional, que teve a presença de mais de 3 mil servidores, o diretor geral do Supremo Tribunal Federal [STF], Alcides Diniz, confirmou a coordenadores da Fenajufe e representantes de alguns estados no Comando Nacional de Geral a reunião da noite desta quarta-feira [09], prevista para iniciar às 18h, com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, para tratar do PL 6613/09, que revisa o PCS dos servidores do Judiciário Federal. No encontro, os dirigentes sindicais perguntaram ao representante do STF como estão as negociações com o governo federal a respeito do orçamento do projeto e qual seria o posicionamento da cúpula do Judiciário na reunião com o MPOG.

Alcides Diniz garantiu que manterá a defesa da proposta original do PL 6613/09, sem redução dos índices de reajuste da tabela do PCS. Ele disse, no entanto, que poderá entrar em discussão a possibilidade de um parcelamento. O diretor geral do STF afirmou, também, que se não houver avanços na rodada de hoje, com o representante do Planejamento, apresentará a situação ao ministro Cezar Peluso, para que este defina uma estratégia de como garantir a negociação com o governo.

Participaram da reunião os coordenadores Valter Nogueira, Zé Oliveira e Antônio Melquíades [Melqui], e os integrantes do Comando Nacional de Greve Adilson Rodrigues [SP] e Saulo Arcangeli [MA].

Da Fenajufe – Leonor Costa