STF comunica a coordenadora da Fenajufe apoio de líderes para votação do 2648 nesta quarta


O presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, confirmou no início da noite desta terça-feira (26/4), votação do requerimento de urgência do PL 2648 e a apreciação do projeto na sessão da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (27/4).  A informação é da coordenadora da Fenajufe, Mara Rejane Weber, que, ao lado do presidente do Sindiquinze, José Aristeia Pereira e do assessor da Fenajufe, Alexandre Marques, esteve reunida com Lewandowski e o Diretor Geral do STF, Amarildo Vieira.

A confirmação veio após o presidente do STF conseguir apoio dos líderes partidários para a votação dos projetos, em reunião no início da tarde desta terça-feira. Além dos líderes do governo, estiveram presentes os líderes do PSD, PPS, PDT, PSC, PTB, PSB PT e DEM. Representantes de outras lideranças, inclusive do PMDB, também participaram do encontro.

O substitutivo que está na Câmara dos Deputados recebeu alteração para garantir a absorção das parcelas de janeiro a abril e manteve as mesmas bases negociadas entre o STF e o governo: reposição de 41,47% em oito parcelas, divididas em quatro exercícios. Aprovado na Câmara e Senado, a primeira parcela será em 1º de maio, a segunda em 1º de junho e a terceira em 1º de novembro. 

Na avaliação da coordenadora da Fenajufe, Mara Weber, a reunião entre Lewandowski e os parlamentares foi decisiva para resolver a questão. “ A categoria merece essa reposição, que se não repõe todas as perdas, permite que a situação salarial não se agrave. Essa reunião da Presidência do STF com os líderes partidários era o que estava faltando para conseguirmos abrir uma janela de votação na conjuntura extremamente conturbada que vivemos. Precisamos mais do que nunca aproveitar essa chance e não cantar vitória antes do tempo. Teremos muito trabalho”, alerta. Apesar da abertura dos trabalhos do Congrejufe ser na quarta-feira (27/4), a coordenadora permanecerá em Brasília para acompanhar as votações.

Fonte: Fenajufe