Sintrajusc solicita informações ao TRT-SC sobre saúde dos servidores


O Sintrajusc protocolou no TRT-SC ofício solicitando levantamento das VTs/Unidades onde estão sendo realizadas pautas duplas no Estado de SC, desde quando elas ocorrem e se, na ocasião de sua realização, há um ou dois auxiliares de audiência para o trabalho na jornada diária executada.
Os cortes orçamentários estão causando graves prejuízos para a Justiça do Trabalho, que também vê sua função ameaçada desde dentro, como, por exemplo, a recente decisão do presidente do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro Ives Gandra, de pedir na Câmara dos Deputados a retirada de tramitação da Casa de 32 projetos de interesse da Justiça do Trabalho. As propostas são para a criação de 100 varas da Justiça, contratação de 6 mil servidores e de 200 juízes do trabalho. Segundo o ministro, a medida iria “colaborar com o ajuste fiscal do país” e geraria uma economia de um bilhão de reais por ano.
Ou seja, não basta a situação atual da JT, de cortes de gastos; o próprio presidente do CSJT contribui para anular as possibilidades de superação deste quadro, ainda mais em um momento no qual a Justiça do Trabalho recebe mais e mais processos trabalhistas.
Por este motivo o Sindicato também solicitou  o mais recente levantamento sobre as condições de saúde e de trabalho no TRT-SC, com base nas informações disponibilizadas pela Coordenadoria de Saúde do Regional, para subsidiar a análise do como e em que medida condições como o excesso de trabalho e o estresse estão afetando a saúde dos servidores.