SINTRAJUSC renova solicitação de cancelamento de concurso


A Direção do SINTRAJUSC protocolou, nesta semana, requerimento no TRT pedindo mais uma vez o cancelamento urgente do concurso público marcado para 30 de março. O Sindicato anexou documentos que demonstram a falta de preparo do Instituto Nacional de Educação CETRO – INEC, responsável pela organização do certame. Em Assembléia Geral no dia 28 de janeiro, os servidores também votaram contra a participação do SINTRAJUSC na comissão do TRT que coordena o processo.

Interesse público

No requerimento enviado ao TRT foram citados os problemas em outro concurso e que foram alvo de uma ação popular em 2002. Em conversa com diretores do Sindicato, o Presidente do Tribunal, juiz Marcus Pina Mugnaini, disse que só suspenderia o concurso se houvesse motivos fortes para isso. Dessa forma, a Assembléia apresentou nova informação, a de que, no primeiro concurso da Liquigás, parte das provas teve que ser reaplicada porque foram constatados vários problemas, como falta de exames suficientes e também exames trocados em algumas localidades do país.

O motivo disso foram as divergências encontradas entre o número de inscrições realizadas por meio de instituições bancárias e os controles de inscrição mantidos pelo Instituto Cetro. O fato ocorreu em meados de dezembro. Se não forem tomadas providências para o cancelamento do concurso, a Assembléia votou a favor de denúncia no MPF, entendendo que também é papel do Sindicato fiscalizar o que é de interesse público.

Fonte: SINTRAJUSC