Sintrajusc discute defesa da Justiça do Trabalho com a presidente do TRT-SC


A direção do Sintrajusc reuniu-se dia 17 com a presidente do TRT-SC, desembargadora Maria de Lourdes Leiria, para conversar, entre outros temas, sobre a defesa da Justiça do Trabalho. Pelo Sindicato participaram as coordenadoras Adriana Ramos e Denise Zavarize e o funcionário Fernando Blasi.

As coordenadoras lembraram os Atos feitos pelo Sintrajusc em 2019, entre eles um ainda em janeiro com a participação da Associação dos Magistrados (Amatra), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Associação Catarinense dos Advogados Trabalhistas (ACAT), Instituto dos Advogados de Santa Catarina (IASC), Associação dos Servidores na Justiça do Trabalho (AJUT) e Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas (ABRAT).

Também houve reunião em Florianópolis com o corregedor do TST, Ministro Lelio Bentes Corrêa, e divulgação, nas redes sociais, de uma campanha buscando desmascarar cinco mentiras sobre a Justiça do Trabalho com base em iniciativas semelhantes, como a do Coleprecor (Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho). Veja em https://www.facebook.com/sintrajusc.sindicatodostrabalhadores/photos/a.513805065434980/1223619967786816/?type=3&theater. Para 2020, a campanha será ampliada, buscando-se a parceria das entidades e da Administração.

Outro tema tratado pelo Sindicato foi a restrição orçamentária. Segundo a presidente do Tribunal, o orçamento está reduzido em 27%, sendo que o percentual de recursos para custeio, por exemplo, é menor do que o de 2016, estando em R$ 1,150 milhão. Nesse quadro, a preocupação do Sintrajusc é com a não reposição das vagas e os efeitos sobre a saúde dos servidores. O enfrentamento dessa realidade será uma das prioridades no próximo ano.