Servidores gaúchos aprovam paralisação de 24 horas no dia 30


RS – Em assembléia geral realizada ontem (24) á noite os servidores do Judiciário Federal no Rio Grande do Sul decidiram, por unanimidade, realizar uma paralisação de 24 horas no próximo dia 30, terça-feira. O objetivo da paralisação é construir uma grande assembléia geral, no mesmo dia 30, às 15h, no prédio das varas trabalhistas, garantindo a presença de caravanas do interior do estado. Nessa assembléia, será avaliado o quadro das negociações em Brasília em relação à questão orçamentária para a implementação do PCS do Judiciário.

No dia 30 os servidores gaúchos vão deliberar se retomam a greve por tempo indeterminado a partir do dia 31, conforme indica o calendário nacional, aprovado pelo Comando Nacional de Greve, em reunião no dia 17 de maio. O indicativo de retorno à greve depende da apresentação de uma proposta efetiva, por parte do governo federal, como resultado das negociações com o Judiciário. Caso as negociações sejam finalizadas até lá, a categoria também vai fazer, durante a assembléia, a avaliação da proposta apresentada.

Na assembléia desta quarta-feira também foram eleitos os seis delegados que representarão o Sintrajufe na reunião ampliada da Fenajufe, que será realizada em Brasília no próximo dia 28, onde representantes de todos os estados vão discutir o andamento do PCS.

Fonte: Sintrajufe/RS