Servidores de Mato Grosso referendam calendário nacional de mobilizações


MT – Em assembléia geral extraordinária realizada ontem, 24 de maio, na sede da Justiça Federal, os servidores do Judiciário Federal em Mato Grosso ratificaram o calendário proposto e aprovado pelo Comando Nacional de Greve da Fenajufe, que inclui reunião ampliada dia 28; assembléias nos estados dia 30; e retorno à greve dia 31 de maio, caso as negociações entre o Judiciário e o Executivo, sobre o PL 5845/05, não tenham sido finalizadas.

Os servidores também elegeram os delegados que vão representar o estado na reunião ampliada da Fenajufe, que acontece no próximo domingo, 28 de maio.

Na mesma assembléia também foi discutida a tramitação do PL 5845/2005, bem como os desdobramentos da greve em Mato Grosso, principalmente na Justiça Federal e no TRT, onde já apareceram os primeiros casos de perseguição a servidores que atuaram de forma decisiva na última greve, segundo informa o sindicato. Os servidores do TRT têm relatado à entidade casos em que servidores foram simplesmente “removidos” de suas lotações e das atribuições que sempre exerceram com dignidade, pelo simples fato de terem participado da greve. O Sindijufe/MT, junto com os servidores, estuda a melhor forma de reverter esse quadro, inclusive por meio de processos administrativos e ou judiciais.

Da redação, com informações do Sindijufe/MT