Programação marca o Dia Internacional da Mulher na Grande Florianópolis


Uma extensa agenda mobiliza movimentos e organizações de mulheres na semana do 8 de março, data que lembra as bandeiras feministas por todo o mundo. A programação, que inclui debates e projeção de filmes, culmina com um ato na manhã de sábado (7 de março), a partir das 9 horas no vão central do Mercado Público. Haverá intervenções públicas e distribuição de fitas lilases, a cor-símbolo do feminismo. No domingo, 8 de março, as mulheres voltam a se encontrar para o lançamento nacional do documentário filme Pray the devil back to hell (Reze para o Diabo voltar para o inferno), no shopping Itaguaçu. A promoção é da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Federal e os convites serão distribuídos durante o ato do dia7.

Para além dos contornos festivos que o comércio costuma atribuir ao Dia Internacional da Mulher, os movimentos sociais e acadêmicos relembram a sua origem, marcada por intensas reivindicações sociais, política e trabalhista. “É uma data que simboliza a busca pela igualdade social entre homens e mulheres no sentido de que as diferenças biológicas sejam respeitadas sem servir de pretexto para subordinar e inferiorizar a mulher”, explica a coordenadora estadual da União Brasileira de Mulheres (UBM), Simone Lolatto.

Também participam da atividade a Casa da Mulher Catarina, o Movimento de Mulheres Trabalhadoras Urbanas(MMTU), União de Negros e Negras pela Igualdade (UNEGRO), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM), Instituto de Estudos de Gênero (IEG-UFSC),Laboratório de Relações de Gênero e Família (LabGeF-UDESC), representantes de partidos políticos, sindicatos e outras organizações da sociedade civil.