Presidente da CCJ diz que é possível votar reforma da Previdência em 25 dias


Por Marcela Cornelli

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Edison Lobão, afirmou hoje que é possível aprovar a reforma da Previdência em 25 dias. Lobão afirmou, no entanto, que a rapidez na aprovação da reforma dependerá, sobretudo, da capacidade de negociação do relator da proposta na comissão, senador Tião Viana (PT/AC), com os partidos de oposição e com os demais senadores ligados à base, dispostos a modificar o conteúdo da reforma. Além do PFL, PSDB e do PDT – que já fecharam acordo sobre quatro destaques a serem incluídos na reforma – Viana terá que convencer parlamentares, como Paulo Paim (PT/RS) e Mão Santa (PMDB/PI), que já avisou que irá votar “de acordo com a consciência” ainda que isto signifique votar contra a orientação do partido.

Fonte: Agência Brasil