Justiça do Trabalho mantém a greve


Por Marcela Cornelli

Diante dos fatos e da avaliação de que a disposição de luta não se alterou no estado, a Assembléia de ontem deliberou pela manutenção da greve com nova Assembléia Estadual, na terça. Pesou na decisão a necessidade de manter a pressão no momento em que o Judiciário estará negociando com o Executivo. Embora a negociação esteja avançando conforme a greve cresce nacionalmente, se o movimento estiver fraco o governo virá com propostas de protelar a aplicação de qualquer medida ou com os já conhecidos parcelamentos. A greve é essencial para garantir uma solução imediata e integral para nossa reivindicação.

Da Redação