Ideli e bancada do PT/SC intervém na busca de uma saída para impasse no BESC


Por Marcela Cornelli

Em assembléia realizada ontem (22/10), os empregados do BESC decidiram manter a greve que começou na segunda-feira, dia 20/10, já que a direção do banco continua sem apresentar proposta econômica para os trabalhadores. Na última reunião de negociação, ocorrida há uma semana, a direção do banco havia marcado reunião de negociação com os empregados para hoje (23/10), às 14 horas, mas a reunião foi cancelada. Não há previsão de nova negociação. Os empregados realizam nova assembléia hoje a tarde para discutir os rumos do movimento.

No início da tarde o Sindicato reúniu-se com o governador Luiz Henrique, no Centro Administrativo do BESC (CAB), para tentar negociar uma solução para a campanha salarial. O esforço do Sindicato para superar a intransigência do banco levou os trabalhadores a mobilizar a bancada do PT na Assembléia Legislativa.

Ofício assinado pelos nove deputados da bancada petista foi encaminhado hoje (23/10) ao ministro da Fazenda, Antônio Palocci, para o governo federal elabore uma proposta de acordo. No ofício, os deputados lembram do compromisso assumido pelo presidente Lula com a viabilidade do banco. A senadora Ideli Salvatti encaminhou ontem ofício ao ministro Palocci e requerendo do governo federal a construção de uma alternativa para superar o atual impasse na campanha salarial no BESC. No ofício, a senadora Ideli também lembra o compromisso assumido pelo presidente Lula com a recuperação do banco.

Fonte: Sindicato dos Bancários de SC