Funcionários do BESC encerram greve e retornam às atividades hoje em Florianópolis


Por Marcela Cornelli

Em assembléia realizada na sexta-feira passada (31/10), os empregados do BESC da Grande Florianópolis decidiram aceitar por ampla maioria a proposta da diretoria do banco e encerrar a greve que já durava doze dias. A proposta da diretoria do banco foi feita no Centro Administrativo do BESC (CAB), momentos antes da assembléia. A assembléia mobilizou aproximadamente 120 empregados.

A proposta do banco prevê abono de R$ 1.000,00 dividido em duas parcelas – a primeira paga já amanhã, dia 4 de novembro, e a segunda, paga em janeiro, junto com o salário do mês.

As negociações salariais serão retomadas até 15 de março do ano que vem.

A diretoria do banco garantiu que não haverá retaliação aos grevistas. Além disso, como a data-base foi garantida, serão retroativas todas as conquistas econômicas dos trabalhadores aprovadas em março. As cláusulas sociais, sindicais e de saúde do acordo anterior serão renovadas até 31 de agosto de 2004, com ajustes definidos em reuniões de negociação anteriores.

Com relação à reestruturação administrativa, ficou acertado que uma mesa temática realizará estudos e implantará o Plano de Cargos e Salários até a próxima data-base, em setembro de 2004. É um compromisso do banco, que os trabalhadores poderão cobrar futuramente. “Além disso, é fundamental mudar a estrutura administrativa que lutou pela privatização do banco”, afirmou Rogério Fernandes, presidente do SEEB/Fpolis. A discussão de outras cláusulas econômicas, como tíquetes e cesta-alimentação, também será feita em março.

Fonte: Sindicato dos Bancários de SC