Estudo da UNB mostra que maioria dos abusos sexuais em crianças é praticada por familiares


Por Marcela Cornelli

Sessenta por cento dos abusos de crianças e adolescentes são praticados por pessoas da própria família e 69,1% dessas vítimas têm entre zero e 11 anos. Esses dados são da pesquisa “Abuso sexual contra crianças e adolescentes – os descaminhos da denúncia”, organizado pela professora e pesquisadora da Universidade de Brasília, Eva Faleiros.

O livro será ançado hoje à tarde no auditório do Ministério da Justiça e é resultado de uma pesquisa que durou dois anos e analisou 40 casos em cinco capitais brasileiras – Belém Recife, Vitória, Goiânia e Porto Alegre. Eva esclarece que “a denuncia é o passo inicial para acabar com esse tipo de violência e o livro serve como ferramenta para o combate ao abuso sexual infantil no Brasil”.

Fonte: Agência Brasil